Uma visão sobre os Florais de Anura, há muitas, esta é a minha!

e Sem comentários

Este desenho, esta arte cheia de cores, sons, movimento e vida foi criada pela minha amiga Mané e demonstra bem como vejo os Florais de Anura, como os vivo e sinto. Por vezes dão asas e nuvens, outras vezes raízes. Nem sempre sabemos onde tocarão a nossa vida. Por vezes trazem as estrelas e a lua, outras vezes levam-nos a uma memória antiga. Atentem aos sonhos nesses dias. Por vezes permitem a vivência inteira da dor, da inveja e da maldade para se poder seguir em frente, outras vezes são o banho sagrado depois da alquimia. Antes de acreditarem em frases feitas, escutem a Alma que vos guia. Por vezes são as gotas que começam algo, outras vezes as que terminam. Pelo caminho escolham mais vezes a alegria. Por vezes mostram-nos aquilo que foi tão esperado, outras vezes dão-nos um mundo em branco. Quanta beleza promete um dia cinzento e uma mão vazia?

Com esta fotografia trago a intenção de partilhar convosco como vejo as Terapias de Anura, como as vivi na primeira pessoa e como vejo atuar nas pessoas que as procuram. Por vezes são lápis fáceis de apagar, talvez uma passagem, talvez a dificuldade em mudar. Outras vezes são canetas de pintar trazendo um mundo novo para quem o quiser abraçar. Por vezes são clips e elásticos para nos podermos organizar. Outras vezes uma borracha para ajudar a apagar. Por vezes são um pequeno lápis, que é quanto basta para nos levantar. Outras vezes uma caneta normal para podermos escrever e libertar. Por vezes são a tesoura que corta o que é para cortar. Outras vezes são um pincel que dá vida, mesmo sem muito se notar. Por vezes tudo acaba num desenho confuso, talvez aquele inferno que tanto fazemos por não ver. Outras vezes uma obra arte capaz de nos emocionar.

E um dia descobrimos que não são as Terapias de Anura que pintam, rabiscam, escrevem, cortam ou apagam. Somos mesmo nós que o fazemos quando nos permitimos, quando algo profundo em nós é relembrado. E ainda nos reinventamos e reinventam-se caminhos e paisagens. As Terapias apenas nos sussurram coisas através da Alma, portanto, Almem-se bem!

Inês Biocas
Terapeuta de Anura